Estado desconta de servidores e não repassa a bancos R$ 924 mi de crédito consignado

O Estado de Minas Gerais teria descontado dos contracheques dos servidores públicos mais de R$ 924 milhões referentes a créditos consignados sem repassar o dinheiro recolhido a instituições financeiras, como prevê a operação. O dado foi levantado … Source: Brasilhoje
Tags:

Deixe uma resposta